São Gabriel do Oeste participa do projeto “Enciclopédia das Águas”

00/00/0000

São Gabriel do Oeste participa do projeto “Enciclopédia das Águas”

O projeto “Enciclopédia da Águas”, realizado pelo Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul faz um levantamento de dados sobre todos os rios do território sul-mato-grossense, destacando aspectos topográficos, históricos, turísticos e culturais.

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente foi parceira deste importante projeto, contribuindo com a atualização das informações sobre os recursos hídricos de nosso município.

De acordo com o presidente do Instituto Histórico e Geográfico, professor Hildebrando Campestrini, a “Enciclopédia das Águas” é um trabalho inédito no país.  “É um trabalho monumental que contempla a geografia, a história e o turismo. Foram reelaboradas as 152 cartas topográficas de Mato Grosso do Sul. Para termos uma idéia da importância disso, vale lembrar que a mais recente data de 1976”.

O projeto será disponibilizado na internet para todo o País e catalogou 7,2 mil cursos de água, entre córregos, rios e vazantes, analisou 3,2 mil córregos e rios e 154 cartas cartográficas. "Trata-se de uma obra que foi pensada há cerca de seis anos e o poder público estadual pôde, através do seu esforço e da Sanesul, auxiliar quem pesquisou nossos cursos d’água para que pudéssemos fazer e ter uma retratação mais fidedigna possível do que já existe em Mato Grosso do Sul, a fim de que possamos eventualmente recuperar a ação do homem e mantermos aquilo que se encontra intocável, para gerações futuras", explanou o governador André Puccinelli durante a abertura do evento.

Para o secretário de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente de São Gabriel do Oeste, que dividiu com a sua equipe de trabalho o mérito diz que foi um imenso prazer ter a oportunidade de colaborar com projeto dessa envergadura, “principalmente porque o resultado desse trabalho poderá ser utilizado por todos interessados em conhecer ou pesquisar sobre o assunto”, considera.

Assessoria de Comunicação