18 de Dezembro de 2018

(67) 3521-0808


Home
Meio Ambiente Cidade Política Geral Poesias Economia Acontecimentos Dr. Sérgio Luís Entretenimento Esporte
Fotos Vídeos Contato 103 Anos de Três Lagoas
×





26/12/2016

Cruzeiros fluviais são a nova vitrine do turismo no pantanal

Cidade de Corumbá (MS) é o ponto alto de partida de hotéis flutuantes e cruzeiros fluviais, que percorrem a maior planície alagada do mundo.

O Pantanal sul-mato-grossense recebe mais de 200 mil visistantes por ano em busca de aventuras e ecoturismo.

A cidade de Corumbá (MS), que faz fronteira com a Bolívia, é o ponto alto de partida de muitos desses visitantes, que optam por hotéis flutuantes e cruzeiros fluviais para percorrer e conhecer a região. 

Os roteiros dos cruzeiros nessa área têm duração média de quatro a cinco dias de navegação e atividades em terra, que permitem observar a diversidade da vida silvestre entre as belezas da maior planície alagada do mundo.

As atividades de lazer ao ar livre e a integração com a natureza e a culinária típica pantaneira também fazem parte do destino. São safáris terrestres, excursões em embarcações menores, cavalgadas, trilhas e banhos no rio Paraguai e afluentes, além de observação de animais como jacarés, capivaras, tamanduás, lobos, tatus e onças.

O casario histórico na zona portuária de Corumbá, fortalezas e igrejas também são locais turísticos. Os museus História do Pantanal e do Homem Pantaneiro então entre as opções culturais para o turista interagir com a história e o bioma local. A gastronomia e o artesanato reforçam a cultura regional.

O Mirante Cristo Rei do Pantanal oferece visão panorâmica de Corumbá, Ladário e das cidades vizinhas de Quijarro e Puerto Suarez, ambas numa área de livre comércio da Bolívia. Ainda por terra, a Estrada Parque Pantanal, com 120 Km de extensão, tem dezenas de pontes de madeira sob as quais atravessam os animais silvestres e que servem de mirantes para a observação da natureza.

Ecoturismo

De acordo com a Demanda Internacional de 2015, do Ministério do Turismo, dos 6,3 milhões de estrangeiros que vieram ao Brasil no último ano, 51,3% vieram a lazer, e destes, 15,7% tiveram como motivação a natureza, o ecoturismo ou aventura, número maior que o registrado em 2014, quando o índice foi de 12,8%.

“Esse é um segmento importante para o turismo nacional, e o objetivo do Ministério do Turismo é fortalecer esses destinos tanto com infraestrutura como com divulgação para que cada vez mais brasileiros e estrangeiros possam conhecer e desfrutar das belezas brasileiras”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Ministério do Turismo

 

Versão Impressa



Mais Lidas

    
  1. Renovação de frota motiva venda de caminhões usados
  2. BANDA KORRERIA 77 É ATRAÇÃO NO ENCERRAMENTO DO MOTO SHOW 2014
  3. ASFALTOS ESTADUAIS NO BOLSÃO CONCLUÍDOS
  4. Centro Cultural recebe obras do Marco para a exposição “Brasil Central”
  5. Fundação de Cultura realiza Oficina de Cerâmica de Bichos do Pantanal em Alcinópolis