Rede de urgência e emergência participa de capacitação de punção intraóssea

23/12/2017

Rede de urgência e emergência participa de capacitação de punção intraóssea

Trata-se de procedimento moderno de infusão de medicação, em situações de emergência de pacientes graves

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, em parceria com a empresa ALL Solutions Medical, fornecedora de produtos médico-hospitalares, promoveu curso de capacitação de Punção Intraóssea aos profissionais da Rede de Urgência e Emergência. A capacitação, ministrada pela gerente de produtos da ALL Solutions, enfermeira Rose Abelha, teve como público alvo os profissionais da Saúde que trabalham na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Pronto Socorro do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, nas dependências das Faculdades AEMS, na terça-feira (19) e quarta-feira (20). Nesta quinta feira (21), a capacitação destinou-se aos servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU). A capacitação compreende teoria e prática “do conhecimento e uso adequado dos modernos materiais e das novas tecnologias, usadas na punção intraóssea”, resumiu Rose Abelha. Ao final do curso é emitido o certificado que assegura ao enfermeiro e à enfermeira a capacitação para uso desses materiais. Como explicou a enfermeira Rose aos profissionais da Rede de Urgência e Emergência da SMS, em casos de emergência uma das possibilidades para infundir medicamentos nos pacientes graves é a punção intra-óssea. É um equipamento denominado “BIG”, um dispositivo agulhado e automático, apropriado para essa finalidade específica, que, há pouco mais de 10 anos, vem sendo muito usado nos procedimentos de urgência e emergência, como informou Rose Abelha. Com esse dispositivo, quando da dificuldade de localizar as veias, “é possível infundir no paciente, além de medicamentos, sangue e soro”, mostrou a enfermeira. REFERÊNCIA Como ressaltou o coordenador do SAMU, André Dourado, a enfermeira Rose é referência de capacitação nos principais hospitais do estado de São Paulo e de todo o Brasil. “Para a nossa equipe, esta capacitação, assim como as demais, é de extrema importância para melhor atendermos à população de Três Lagoas e assim cumprirmos com mais eficiência a missão de salvar vidas”, destacou André. Por sua vez, a enfermeira Rose Abelha fez questão de ressaltar  “a excelente estrutura física do SAMU de Três Lagoas e o nível de conhecimento e capacitação profissional de toda a equipe”, disse. “Tenho viajado por todo o Brasil e sei das dificuldades que enfrentam as unidades SAMU, por falta de condições mínimas de trabalho”, comentou.

Diretoria de Comunicação