Assistência Social de Três Lagoas lança campanha de enfrentamento à violência sexual

10/05/2018

Assistência Social de Três Lagoas lança campanha de enfrentamento à violência sexual

Será uma semana de mobilização e ações com a participação de vários segmentos da sociedade
A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), promoverá a semana da Campanha de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, no período de segunda-feira (14) a sexta-feira (18). A campanha será oficialmente lançada no Centro de Referência de Assistência Social e Educacional – CRASE “Coração de Mãe”, na segunda-feira (14), às 9h. Como consta na programação desta Campanha de Enfrentamento à Violência Sexual, as equipes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) estarão distribuindo panfletos educativos, de conteúdo referente a essa temática, em todas as Unidades de Saúde e nas principais vias públicas urbanas. Estão previstas também ações na Feira Noturna de quarta-feira (16), a partir das 18h, com panfletagem e apresentações culturais. Esta campanha também prevê ciclo de palestras nas Escolas Municipais, Estaduais e Centros de Educação Infantil (CEIs), assim como caminhada e evento público de apresentações culturais, na Praça Senador “Ramez Tebet”, no Centro, na manhã de quinta-feira (17), dando sempre ênfase ao tema proposto de enfrentamento e prevenção de ocorrências de violência sexual contra crianças e adolescentes. No encerramento da campanha, na sexta-feira (18), das 7h30 às 11h, no recinto do Plenário da Câmara Municipal, está agendada, entre outras ações, com a participação do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescentes (CMDCA) e Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), a palestra da psicóloga Isabela Suttini do SEST/SENAT (Transportes). CAMPANHA NACIONAL A campanha da SMAS de Três Lagoas está sintonizada à proposta da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) na mobilização de ações para o “18 de maio – Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Como vem ocorrendo nos últimos anos, Estados, Municípios, setor empresarial, organizações da sociedade civil e demais parceiros têm aderido a esta campanha. Desde 2009, a campanha, de âmbito nacional, utiliza como símbolo uma flor, como lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. O dia 18 de maio foi escolhido como Dia de Mobilização Nacional Contra a Violência Sexual porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o País e ficou conhecido como o “Caso Araceli”, menina de apenas oito anos de idade, raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. Em Mato Grosso do Sul, o segundo Estado no ranking nacional de registros de abusos e maus tratos contra crianças e adolescentes, foi também instituída por Lei a “Campanha Maio Laranja – Mês de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.    

Diretoria de Comunicação