Fibria investe em tecnologia e reforça o combate a incêndios florestais em Mato Grosso do Sul

11/05/2018

Fibria investe em tecnologia e reforça o combate a incêndios florestais em Mato Grosso do Sul

Torres de monitoramento em cinco cidades do estado permitem identificar e combater com precisão focos de incêndios
No total, 21 torres foram instaladas em florestas nas cidades de Três Lagoas, Brasilândia, Água Clara, Ribas do Rio Pardo e Selvíria. As torres têm de 32 a 42 metros de altura e as câmeras que realizam o monitoramento têm um raio de alcance de 15 quilômetros. As imagens registradas pelas torres são monitoradas por uma equipe e, assim que detectado o foco de incêndio, é feito o cruzamento da imagem com o registro de outras torres para determinar o local exato da ocorrência. Se ele estiver dentro ou próximo das propriedades da Fibria, é acionada a brigada de incêndio mais próxima. Se o foco está em um vizinho ou em florestas de outras empresas, o proprietário é avisado para que sejam tomadas as devidas providências. Todas as imagens são armazenadas por 48 horas e as ocorrências são gravadas no banco de dados. 

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos a partir da floresta plantada. Com capacidade produtiva de 7,25 milhões de toneladas de celulose por ano, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 1,092 milhão de hectares de florestas, sendo 656 mil hectares de florestas plantadas, 374 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 61 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 35 países e matéria-prima para produtos de educação, saúde, higiene e limpeza. Saiba mais em www.fibria.com.br

Fibria