Em dois meses de existência, Programa Amigo do Campo já auxiliou 350 pequenos produtores com atendimentos e serviços gratuitos

13/06/2018

Em dois meses de existência, Programa Amigo do Campo já auxiliou 350 pequenos produtores com atendimentos e serviços gratuitos

A proposta desse programa é auxiliar o pequeno produtor rural com serviços e orientações gratuitas, além de colaborar com o cooperativismo e agricultura familiar
Inserido nas atividades da diretoria de agronegócio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), o Projeto Amigo do Campo já beneficiou aproximadamente 350 famílias em assentamentos e pequenas propriedades rurais por meio de suas ações e serviços especializados. O Projeto tem apenas dois meses de existência e já percorreu a zona rural da região de Três Lagoas em busca de promover melhorias e impulsionar a agricultura familiar nesses locais. De acordo com o coordenador geral de gestão de políticas públicas da diretoria, Célio Lopes de Barros, a ideia surgiu da necessidade dos pequenos produtores terem um amparo técnico e profissional para alguns serviços, além de orientação e incentivo à agricultura familiar. Conforme o relatório elaborado pelo coordenador, 350 famílias foram atendidas com as ações do programa, abrangendo Cinturão Verde, Distrito de Arapuá, Garcias, assentamentos Piaba, Pontal do Faia, Palmeiras e 20 de Março. Entre os serviços executados neste período pela equipe do programa estão: 62 mochiamentos e descornas de bovinos, 43 castrações com cauterização em garrotes, 180 aplicações de vacinas, 25 toques reprodutivos para inseminação e diversas visitas com orientações técnicas e auxílio nos trabalhos de campo. Além disso, o programa tem colaborado com melhorias nas estradas vicinais, solicitando à Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA) reparos, patrolamento e terraplanagem em prol dos usuários dessas vias. DE MÃOS DADAS COM O COOPERATIVISMO E AGRICULTURA FAMILIAR Sendo uma das principais bandeiras do prefeito Angelo Guerreiro, a agricultura familiar ganhou grande impulso com este programa. Após a criação da Central de Vendas em dezembro de 2017 na antiga estação ferroviária, onde produtores rurais podem vender seus hortifrútis, houve a atual assinatura de contrato com os produtores inseridos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para fornecimento de alimentos para a merenda na Rede Municipal de Ensino (REME). Além disso, a diretoria do agronegócio tem auxiliado criadores, produtores de queijo, doces e demais alimentos de origem animal a adquirem o selo do SIM (Serviço de Inspeção Municipal), podendo ter certificação de qualidade à sua produção. Duas ações muito importantes foram a visita à feira TECNOFAM em Dourados, apresentando inovações em maquinários agrícolas e, o transporte gratuito das famílias ao Dia da Saúde do Homem e Mulher Rural. “Estivemos também dando atenção aos associados do Laticínio de Arapuá, para que consigam o recurso e autorizações necessários para seu funcionamento, além de apoiar o projeto Camponesas do Faia, onde as mulheres do assentamento querem criar uma granja de ovos caipira. Fizemos parceria com a UNEI Tia Aurora para a criação da horta no local e ainda, conseguimos modernizar a patrulha mecanizada para melhor atender ao homem do campo”, explicou Célio. EQUIPE E SERVIÇOS Os profissionais que compõem a equipe do Programa Amigo do Campo são: Coordenador geral Celio Lopes de Barros, engenheiro agrônomo Manoel Latta Ernandes, médica veterinário Andreia Santana Silveira, coordenadora de assistência Amanda da Costa Pivotto, técnico em agropecuária Eduardo Henrique Sypreste, técnico em agropecuária Ailson Victor de Menezes, tratorista Nelson Rodrigues da Silva e estagiário Marlon Donegatti Donadoni. Os principais serviços do programa são: mochiamento, castração, vacinação, preparação de solo, orientações sobre manejo de rebanho, ordenha e criação, plantio, cultivo e colheita. SERVIÇO Os pequenos proprietários podem agendar uma visita por meio do telefone (67) 3929-9965.

Diretoria de Comunicação