Azambuja afirma que vai priorizar saúde, caso reeleito

06/08/2018

Azambuja afirma que vai priorizar saúde, caso reeleito

Oficialmente candidato à reeleição do governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) disse, durante a convenção do partido no sábado (4), que sua prioridade, caso ganhe novamente a eleição, é regionalizar a saúde de Mato Grosso do Sul. “Temos que terminar hospitais e regionalizar a saúde. São necessários onze hospitais para que a gente consiga tirar a saúde do centro do Estado”, disse Azambuja. Segundo Azambuja, ele conseguiu cumprir 80% das metas que fez em 2014 e que deseja continuar na administração do Estado para concluir seu projeto. Na convenção também foi anunciado o vice de Azambuja, Murilo Zauith (DEM). O ex-prefeito de Dourados e ex-governador no primeiro mandato de André Puccinelli (MDB) disse que vai contribuir com a sua experiência. “Eu amadureci muito nesses anos, fui prefeito, deputado estadual e federal, além de vice-governador. Mais maduro, vou contribuir para a administração”. Zauith ainda destacou que os deputados federais do DEM, Tereza Cristina e Luiz Henrique Mandetta, estão tranquilos com a aliança da sigla com o MDB. Os parlamentares eram a favor da aliança com o ex-pré-candidato Puccinelli, preso desde 20 de julho, que desistiu da campanha no dia 29 de julho. “Eu falei que ficaria tudo certo. Está tudo em paz, esse governo fez boa gestão, boa administração”, disse, justificando a escolha da sigla. INCHADO Animado com a possibilidade de reeleição, Azambuja disse que o PSDB se ajeitou para receber todos os partidos aliados e não considera que a sigla esteja inchada. “Nós nos aliamos com quem nós gostamos e, quem gosta, se alia conosco. Temos uma trajetória de trabalho no Estado. Na política, todos buscam se fortalecer com partidos que têm sintonia”. Para acomodar todos os aliados, o PSDB terá três chapas de coligações para deputados estaduais e duas, para deputados federais. A sigla tem a maior bancada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) e quer manter o status. “Vamos buscar a reeleição de mais candidatos. Queremos aumentar nossa bancada e contribuir para a administração do governador Reinaldo”, ressaltou o deputado estadual Paulo Corrêa.

Correio do Estado