Mães do CRAS “Ana Maria Moreira” de Três Lagoas são orientadas sobre saúde auditiva dos filhos

12/09/2018

Mães do CRAS “Ana Maria Moreira” de Três Lagoas são orientadas sobre saúde auditiva dos filhos

Ação, promovida pela Secretaria de Assistência Social, além da prevenção, tem a finalidade de proporcionar crescimento saudável das crianças A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Três Lagoas, por meio do Departamento de Proteção Social Básica e em parceria com a Clínica de Fonoaudiologia e Aparelhos Auditivos – “Aud’Fono” da cidade de Andradina (SP), realizou ação, denominada “Triagem Auditiva”, no período da manhã de terça-feira (11), no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS “Ana Maria Moreira”, no Bairro Vila Verde. A ação foi dirigida a um dos três grupos de mães das crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV “Colo de Mãe”, com a finalidade de realizar prévio diagnóstico da saúde auditiva das crianças e encaminhá-las para tratamento específico, se houver necessidade. Esta mesma ação estava também programada para ser levada, no período da tarde, ao CRAS “São João” para atender ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCVC dos grupos da Melhor Idade e do “Centro de Convivência Tia Nega”. Esta ação contou com a participação voluntária da fonoaudióloga da Clínica “Aud’Fono”, Ana Karine Padovan, que aproveitou a oportunidade para orientar as mães sobre a importância da prevenção da saúde auditiva e dos cuidados que se deve ter para evitar obstruções de audição. “Constatamos, através de testes rápidos e visuais, que um grande número de crianças possui acentuada obstrução auditiva, devido ao excesso de secreção acumulada. Isso prejudica em muito a qualidade auditiva das crianças”, observou a fonoaudióloga. “Em alguns casos, orientamos as mães a procurarem tratamento com especialistas, através das Unidades Básicas de Saúde, que deverão encaminhar ao profissional competente”, comentou. “Essa situação prejudica em muito o desenvolvimento integral da criança”, completou a fonoaudióloga. Junto aos idosos, “esta ação da SMAS atende à necessidade de orientar e esclarecer dúvidas a respeito da saúde auditiva para a melhoria da qualidade de vida que todos desejamos que eles tenham”, observou a diretora de Proteção Social Básica, Merlúcia Nunes dos Santos.    

Diretoria de Comunicação