16 de Março de 2019

(67) 3521-0808


Home
Meio Ambiente Cidade Política Geral Poesias Economia Acontecimentos Dr. Sérgio Luís Entretenimento Esporte
Fotos Vídeos Contato 103 Anos de Três Lagoas
×





18/09/2019

Candidatos e candidatas a Conselheiro Tutelar apresentam propostas de campanha em Audiência Pública

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Três Lagoas promoveu Audiência Pública de auto apresentação dos candidatos e candidatas a Conselheiro Tutelar, no Plenarinho da Câmara Municipal, na noite desta segunda-feira (16).

O evento teve a finalidade dos 22 candidatos e candidatas, habilitados a participar do processo de eleição para formação do novo Conselho Tutelar, se apresentar pessoalmente à comunidade e expor suas ideias de propostas de atuação como futuros conselheiros.

As apresentações seguiram regras pré-estabelecidas pela comissão eleitoral, constituída pelo CMDCA, como, por exemplo, o tempo de três minutos para expor individualmente suas respectivas propostas.

O evento contou com a presença da secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho, acompanhada do diretor de Proteção Social Especial, Luis Fernando Tondeli Fochi, e da presidente do CMDCA, psicóloga Sandra Regina Ferreira Toresan Gonzales.

A Audiência Pública, oficialmente aberta pela presidente do CMDCA, também foi prestigiada com a presença do psicólogo Sidney Ferreira Júnior, representando o Ministério Público; e o advogado do CMDCA, Milton Gomes Almeida Santos.

“Ao agradecer a presença de todos os candidatos e candidatas, a secretária Vera Helena observou que “não é fácil e não é simples ser conselheiro tutelar, mas desejamos que realmente surja em Três Lagoas um novo Conselho Tutelar, com uma vida nova, em que cada um dos eleitos se doe por inteiro, na defesa dos direitos da criança e do adolescente”, disse.

“Esta é uma excelente oportunidade de cada um expor suas plataformas de trabalho, numa campanha limpa e dentro da Lei”, disse o psicólogo do Ministério Público.

“Como conselheiros tutelares, a missão de vocês será a de fazer cumprir as Leis que garantem os direitos da criança e do adolescente”, comentou o psicólogo Sidney.

 

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO

 

Versão Impressa

×

Edição 538 - 21 de Stembro de 2019

Jornal Impresso



Mais Lidas

    
  1. PSICOLOGIA AEMS: MAIS UM RECONHECIMENTO DO MEC
  2. Longe dos problemas na Coluna
  3. ‘Não desistiremos do Brasil’, diz viúva
  4. Rodada define semifinalistas do Sul-Mato-Grossense sub-19
  5. Desmatamento na Amazônia já afeta o clima. Entrevista com Antonio Donato Nobre, INPE