Vídeos Quem Somos Contato
Já são 9 pacientes de Mato Grosso do Sul que foram transferidos para Rondônia por falta de vagas nas UTI do estado
05 de junho de 2021 19:41
Já são 9 pacientes de Mato Grosso do Sul que foram transferidos para Rondônia por falta de vagas nas UTI do estado
Foto: FAB
FAB também participa da ação comunitária auxiliando no transporte de pacientes

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, transferiu na manhã deste sábado (5), o nono paciente para Rondônia. O homem tem 29 anos, é do município de Eldorado e foi levado pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar de MS. Na tarde ontem (4), sete pacientes de Dourados partiram de Campo Grande com destino a Porto Velho (RO) em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). O primeiro paciente foi transferido no dia 2 de junho, de Bonito. Mato Grosso do Sul prepara para os próximos dias, o envio do décimo paciente à capital de Rondônia.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a oferta de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foi oferecida pelo secretário Fernando Rodrigues Máximo (Saúde) e pelo governador do Estado de Rondônia, Marcos Rocha. “É um ato de reciprocidade, pois em janeiro deste ano, o Estado de Rondônia precisou dos leitos do Hospital Regional que é do Governo do Estado. Agora, retribuem de forma generosa, leitos que serão utilizados por pacientes de Mato Grosso do Sul lá em Porto Velho (RO)”.

O secretário de Saúde de Rondônia, Fernando Máximo, destacou que irá cuidar dos sul-mato-grossenses da mesma forma que o Mato Grosso do Sul cuidou dos 18 rondonenses que ficaram internados no Hospital Regional de MS. “Quando nós mais precisávamos, que não tínhamos mais vagas de UTI e tínhamos pacientes aguardando na fila, o Estado de Mato Grosso do Sul nos socorreu. Agora neste momento, o nosso estado-irmão está precisando e pedindo socorro, por isso, disponibilizamos 10 vagas de UTI. Vamos cuidar da melhor forma possível dos nossos irmãos em retribuição a tudo o que eles fizeram pela gente”.

Força Tarefa

O município de Dourados está em bandeira cinza, com lotação máxima no sistema de saúde e a transferência dos pacientes para Rondônia ocorre após autorização dos familiares e dos próprios pacientes. Assim, uma força tarefa foi realizada na manhã de ontem (4).

Com logística robusta, composta por sete ambulâncias de UTI Móvel, os pacientes saíram na manhã de sexta-feira (4) de Dourados até a Base Aérea de Campo Grande, em que uma aeronave C105 Amazonas da ALA 5 da Força Aérea Brasileira (FAB) os aguardava.

Por volta das 14h30, deixaram a capital rumo a Porto Velho (RO). Dos oito pacientes previsto inicialmente, uma mulher de 68 anos apresentou quadro de instabilidade ainda no município e não pode seguir viagem junto ao comboio.

De Dourados foram encaminhadas três mulheres com idades de 79 anos, 58 anos, 52 anos e de 29 anos. E três homens de 55 anos, 51 anos e 32 anos. Além de mais uma mulher de 41 anos de Bonito. E o homem de 29 anos de Eldorado.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, recebeu convite do Governador de São Paulo, João Dória, ofertando dez leitos no Hospital de Base em São José do Rio Preto. Esses dez leitos ainda estão em tratativas.


Governo de MS






Mais Lidas
  1. Edificações nos rios de Três Lagoas (MS) é tema de reunião solicitada pela SEDECT à empresa CTG Brasil
  2. Governo de Mato Grosso do Sul inicia pagamento de auxílio aos profissionais de turismo nesta quarta-feira (15)
  3. Veículos com placa final 9 devem ser licenciados até o dia 30
  4. Base e oposição ao governo querem mudanças no novo Bolsa Família
  5. Brasil investe US$ 1 bilhão em importação de placas solares por ano, diz estudo

Ver