Vídeos Quem Somos Contato
Mato Grosso do Sul e do Paraná divulgam hoje edital de leilão da Nova Ferroeste
21 de junho de 2022 10:39
Mato Grosso do Sul e do Paraná divulgam hoje edital de leilão da Nova Ferroeste
Foto: Divulgação

Uma obra emblemática para Mato Grosso do Sul, a Nova Ferroeste, que terá trecho de 333 quilômetros em solo sul-mato-grossense ligando Maracaju (MS) até o Porto de Paranaguá (PR), terá seu edital lançado hoje em cerimônia em Curitiba. O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresenta nesta terça-feira (21) os detalhes do edital da Nova Ferroeste, que ficará disponível para consulta pública. O secretário de Estado de Produção, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar, Jaime Verruck participa da solenidade, representando o governador do Estado, Reinaldo Azambuja.

No documento estão as regras do contrato que será levado à Bolsa de Valores no momento do leilão do projeto, previsto para o segundo semestre de 2022. O edital só será publicado oficialmente após a concessão do licenciamento ambiental. O evento acontece as 10h30, no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Para o governador Reinaldo Azambuja, o projeto da Nova Ferroeste é estratégico sob o ponto de vista da logística e também da competitividade. "No futuro, com a viabilização da ferrovia, o nosso Estado vai diminuir a exportação de commodities e ampliar a exportação”, salientou.

O secretário de Estado da Produção, Jaime Verruck, destaca que já foram realizadas as fases de audiências públicas e o edital é a nova etapa. "Já ultrapassamos a fase de audiências públicas ambientais, agora será lançado o edital em que será previsto todas as condições da obra, prazo, tecnologia a ser adotada", destaca o secretário, lembrando a importância logística de uma ferrovia deste porte para o Estado. "A Nova Ferroeste vai representar um importante modal de escoamento de grãos da maior região produtora do Mato Grosso do Sul", afirmou.

Projeto

No Estado a ferrovia passará por oito municípios: Maracaju, Itaporã, Dourados, Caarapó, Amambai, Iguatemi, Eldorado e Mundo Novo. A estimativa é que pelo menos R$ 4,7 bilhões sejam investidos na obra em solo sul-mato-grossense dos mais de R$ 29 bilhões estimados em todo o empreendimento.


Governo de MS

Mais Lidas
  1. Trinta anos de poesia
  2. Longe dos problemas na Coluna
  3. Como um município cresce economicamente?
  4. Renovação de frota motiva venda de caminhões usados
  5. Pistoleiro e matador Antônio Joaquim Aragão conhecido por “Camisa de Couro” morou em Três Lagoas

Ver