Vídeos Quem Somos Contato
Casa de prostituição é fechada em Água Clara - MS por suspeita de exploração sexual infantil
05 de julho de 2022 14:03
Casa de prostituição é fechada em Água Clara - MS por suspeita de exploração sexual infantil
Foto: Polícia Civil/MS

A Polícia Civil deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um homem suspeito de gerenciar um prostíbulo em Água Clara, neste sábado (2), que supostamente, ocorre a exploração sexual de adolescentes.

Na mesma ação, a Polícia Civil cumpriu a medida cautelar de proibição de exploração de atividade econômica contra uma idosa, proprietária do estabelecimento, fechando o local, e, conforme determinação judicial, ela fica proibida de abrir ou manter bares, boates, danceterias ou estabelecimentos congêneres nos quais possa ocorrer a exploração sexual.

Há alguns dias, o Conselho Tutelar procurou a Polícia Civil após tomar conhecimento de que uma menina de apenas 15 anos estava sendo explorada sexualmente. Foram realizadas diligências para apuração dos fatos e constatou-se que uma mulher de 70 anos era a proprietária do estabelecimento e um homem de 41 anos o gerenciava.

Para manter as garotas de programa “na linha”, o homem, supostamente, perpetrava ameaças contra elas e agia com violência em determinadas situações. Além disso, esse mesmo homem também é suspeito de manter relações sexuais com essa adolescente de 15 anos.

Em razão de tais fatos, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do homem e pela aplicação da medida cautelar de proibição de exploração de atividade econômica contra a idosa, o que foi deferido pelo Poder Judiciário.

As investigações seguem para apurar a eventual exploração sexual de outras adolescentes e a responsabilidade de cada um no crime.

A Polícia reforça a população que denuncie essas práticas de exploração de crianças e adolescentes, garantindo o anonimato das denúncias.


Polícia Civil de MS

Mais Lidas
  1. Ex-prefeito de Campo Grande e pré-candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul é investigado por assédio sexual
  2. Instituto Federal de MS oferta 1,6 mil vagas em cursos técnicos integrados
  3. Mato Grosso do Sul registra primeira morte suspeita de varíola dos macacos
  4. Assassinos de Andreia Flores são indiciados por latrocínio consumado
  5. Confirmados 49 novos casos positivos de COVID-19 nesta segunda-feira (08) em Três Lagoas - MS

Ver