Vídeos Quem Somos Contato
Inscrições abertas para processo seletivo de estágio no TRT/MS
06 de maio de 2024 09:20
Inscrições abertas para processo seletivo de estágio no TRT/MS
Foto: Divulgação

A partir do dia 05/05, o Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região estará com inscrições abertas para o processo seletivo de estágio para formação de cadastro de reserva voltado para estudantes do ensino superior da capital e do interior de Mato Grosso do Sul.

Em Campo Grande, as vagas são para estudantes dos cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Publicidade e Propaganda, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, História, Jornalismo, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e cursos relacionados à área de Informática.

No interior, as oportunidades são para acadêmicos de Direito nos municípios de Aquidauana, Dourados, Amambai, Fátima do Sul, Jardim, Nova Andradina, Ponta Porã, Rio Brilhante, Mundo Novo, Naviraí, Três Lagoas, Bataguassu, Chapadão do Sul, Paranaíba, Corumbá, Coxim e São Gabriel do Oeste.

A jornada do estágio será de 4 horas diárias, em turno a ser definido, com bolsa-auxílio de R$ 1.000,00 e vale-transporte diário de R$ 9,30. Do total de vagas, 10% serão reservadas aos estudantes com deficiência e 30% aos negros e pardos.

Inscrição

As inscrições para o processo seletivo são gratuitas e podem ser feitas até o dia 19 de maio. O candidato deve fazer o cadastro como “estudante” no site www.superestagios.com.br. Depois, acessar a página de “Processos Seletivos” e fazer a inscrição para a seleção do TRT da 24ª Região. As provas serão realizadas de maneira online no dia 23 de maio.

O edital do processo seletivo pode ser acessado aqui ou por meio do site da Super Estágios.


Com informações de Super Estágios






Mais Lidas
  1. PRF apreende 350,7 kg de maconha e 19,2 kg de skunk em Água Clara - MS
  2. Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
  3. Mortes no Rio Grande do Sul aumentam para 151
  4. Vestuário já é 70% dos donativos arrecadados pelos Correios; estatal pede que população priorize doação de outros itens
  5. Governo não vai competir com produtores gaúchos de arroz, diz Fávaro

Ver